segunda-feira, 2 de junho de 2014

Encontro Mensal - Polo Bahia - 06/06

Prezados(as) Educadores(as),

A Reunião mensal da RedSOLARE, Polo Bahia, que seria realizada no próximo dia 29/05, foi adiada para dia 06/06 às 10h no mesmo local - Centro Educacional Gira Girou em Salvador. Confirmem a participação de vocês através do e-mail indicado. Participem!


  

Relato - Reggio Emilia: um convite ao sensível


Participar do grupo de estudo para a cidade de Reggio Emilia faz parte do sonho pedagógico de muitos educadores que compartilham uma das propostas mais inovadoras e bem-sucedidas para a pedagogia da primeira infância. 

Este foi um convite para construção de laços entre nossos valores, saberes e fazeres, mas para tanto foi preciso estar despido de qualquer (pré)conceito e comparação, em busca de muitas relações com aquilo que faz sentido para cada educador. 

Valores reggianos como a diversidade e a singularidade foram vivenciados pelo grupo desde os primeiros encontros, onde a imensidão do nosso país pode ser representada por todas as regiões. Uma mistura de sotaques, culturas, valores, costumes, riquezas regionais, um Brasil e suas facetas.


 Reggio nos presenteia e nos recebe com um lindo colorido, pistas do que estava por vir...
  

Foram cinco dias de encontros com pedagogistas, atelieristas, psicólogas, voluntários, parceiros, familiares, moradores e crianças. Diversos momentos que narraram o percurso de construção de uma identidade pedagógica que valoriza a criança e a coloca como protagonista de seu próprio processo de conhecimento. 

Reggio traduz a teoria na prática e discursa com muita legitimidade e transparência em todos os traços educativos, nos apresentando um ambiente acolhedor e planejado, uma abordagem ao conhecimento, uma cidade colaborativa, uma intencionalidade na organização, uma cultura do ateliê, uma cultura da infância, uma interação permanente entre criança, educadores e familiares, ou seja, uma educação que tem como prioridade ser um serviço público de coletividade.
 
Uma cidade que desperta todos os nossos sentidos com a arte, as cores, os cheiros, os sons, o plural e o singular. 



Difícil traduzir em palavras, imagens e vídeos momentos tão ricos de reflexão e autoconhecimento, que nos faz validar com muita propriedade nossas pesquisas, experiências e inquietações. Inquietações estas que se somaram com novas provocações:

O que distingue uma escola?
     Como ensinar dando espaço para o aprender?
           O que está por trás destes projetos?
                 Como colocar-se em escuta?
                        Como devemos mudar a nossa maneira de ser professores?
                               Como ser professor dentro da visão de infância?
                                        Como deixar o aprendizado ativo nas crianças?

As descobertas não se esgotam em um encontro, porém trouxemos na bagagem um grande desejo de repensar o papel do adulto na formação da criança, o papel do educador na sociedade contemporânea, o papel de cada sujeito no coletivo, o papel do cidadão na política do nosso país, a responsabilidade de cada um na construção de uma educação emancipadora e libertadora.

Perguntaram para um atelierista:
“Se você pudesse mudar algo, o que mudaria?”
E sua resposta sensível, verdadeira e simples foi:
“Eu!”

Reggio nos convida a olhar a complexidade do simples!!!

Vilma J. Silva 
Diretora Pedagógica 
 Travessias Educacional