domingo, 30 de março de 2014

Inscrições até 12 de abril!


Caros (as) Educadores (as),

A ESSE Consultoria produzindo as ações da RedSOLARE Brasil, em parceria com as demais RedSOLARE da América Latina, organiza mais um Grupo de Estudos para Reggio Emilia, no período de 11 a 16 de maio de 2014. Abaixo folder com descrição dos valores, por opção de hospedagem.

Para fazer sua inscrição:
- Preencha a ficha de inscrição no link: https://docs.google.com/forms/d/1wvWksyOU-n8FS2XWoUBkWIj1Jg05apgxmQ52VuI-hCc/viewform?edit_requested=true
- Aguarde o e-mail de confirmação com as orientações para efetuar o pagamento.

Os valores ainda podem ser divididos em 2 vezes (abril e maio).

Atenciosamente,

Equipe RedSOLARE Brasil
71 3036 3009
Facebook/Redsolare




sexta-feira, 21 de março de 2014

Publicação na Revista Bambini representa reflexões de um coletivo.

Os desafios da Escola Transformadora e a valorização da VIDA foram os temas tratados por Marilia Dourado no artigo consolidado para a Revista Bambini, a partir da sistematização de uma dinâmica colaborativa com mais de 60 educadores brasileiros, que puderam indicar seus olhares através do diálogo nas redes sociais e em pequenos encontros sobre o tema.  Atuar em colaboração caracteriza fortemente a Rede no Brasil, que tem na sua liderança uma condução democrática que acredita na aprendizagem pelas relações. 
O artigo “As múltiplas infâncias no Brasil e o Diálogo com Reggio Emilia: Os desafios da Escola Transformadora e a valorização da VIDA” foi publicado em italiano e é uma publicação da © Reggio Children: Edição de março 2014, da Revista Bambini - Edições júnior.

Confira o artigo em português:
http://consultoriaesse.com.br/site/wp-content/uploads/2014/02/3-Artigo-Brasil_Revista-Bambini_Reggio-Emilia-português.pdf


http://consultoriaesse.com.br/site/wp-content/uploads/2014/02/Bambini_ArtigoBrasil.pdf



segunda-feira, 17 de março de 2014

Encontro Mensal Polo São Paulo - março/2014

Caros Colegas e Parceiros,

A partir do dia 29/03, conforme convite abaixo, iremos retomar os encontros do Polo São Paulo para trocas de experiências sobre como temos visto, entendido e feito Educação Infantil em nosso estado, estabelecendo um diálogo reflexivo sobre as teorias e práticas vivenciadas nas creches e escola italianas.

Esperamos poder (re)encontrá-los para (re)criarmos juntos um espaço de diálogo acolhedor e produtivo sobre a infância e a educação que desejamos para nossas crianças!

Até breve! 

Nayara e Priscila
Coordenadoras do Polo São Paulo
RedSolare Brasil


quinta-feira, 13 de março de 2014

Diálogos em Rede

É com muito entusiasmo que disponibilizamos a Revista Virtual da RedSOLARE Brasil: Diálogos em Rede: http://issuu.com/redsolaremexico/docs/revista_redsolare_brasil
Um entusiasmo que alimenta a nossa crença na coerência entre o discurso e ação e nos faz ir mais além na nossa missão em defender a cultura da infância. A Publicação tem como objetivo consolidar o processo pioneiro vivenciado por 12 escolas brasileiras, sendo 06 públicas e 06 privadas, nos meses de agosto a dezembro de 2013.
O Projeto que envolve uma tecnologia pedagógica inovadora propôs que escolas com realidades diferentes construíssem uma rede de relações, com parceria e equidade - rompendo o modelo assistencialista que ainda impera em nosso país, e ao iniciar uma investigação, produzisse conhecimento; compartilhasse com respeito; colaborassem com outras realidades; e a partir deste processo transformasse suas práticas pela colaboração.
O Grupo de Investigação em Cooperação 2013 colocou em evidência a complexidade de atuar com educação num país continental, em especial compreendendo que educação é relação. A aprendizagem acontece a partir deste processo e considerar esta dinâmica como ponto de partida é fundamental. Atuar com formação de educadores para e com a infância é também lidar com todas as marcas da sociedade brasileira, é lidar sem melindres com a desigualdade, competitividade e individualismo. É mais uma iniciativa da Rede que comprova que é no convívio com as diferenças que construímos um novo mundo.
Para apoiar o registro do vivido nestes 05 meses, a publicação inicia com o artigo das coordenadoras do projeto, que indicam o tema de referência para a investigação, os caminhos trilhados, a tecnologia pedagógica implantada, a inovação com os meios de comunicação e os desafios do processo, tanto tecnológicos como sociais; em seguida, um breve artigo que retrata a relação construída com Reggio Children neste projeto, que de forma pioneira e exitosa construiu um diálogo à distância com educadoras de Reggio Emilia para formação do Grupo.
Convidamos a cada leitor a envolver-se com olhar de construção, colaboração, contradição, processo, envolvimento, desafio, dedicação e parceria que tanto caracterizou esta experiência.

terça-feira, 11 de março de 2014

Relato - Reggio Emilia: uma experiência educativa transformadora.



 
Decidi conhecer Reggio Emilia em busca de respostas as minhas inquietações que surgiram diante de leituras e cursos que participei em São Paulo.

Pela primeira vez estive na Europa e sem falar outros idiomas me entreguei a cidade: conheci pessoas, observei, fotografei, visitei exposições, saboreei a culinária, passeei por feiras, comprei lembranças e de certa forma me apropriei um pouco do espaço, foi uma maneira de explorar e entender o contexto onde essa abordagem foi criada.

Uma semana cheia: conhecer escolas, participar de palestras, assistir experiências, tirar dúvidas, fazer novas amizades, rever pessoas e conhecer educadores de toda América Latina!

Nesse seminário foi nítido o compromisso das educadoras e de todas as pessoas que trabalham nas escolas de educação infantil. As escolas criam um ambiente investigativo, ativo, inovador, habitado, documentado, cheio de provocações para as invenções dos pequenos. Um ambiente de paz, tranquilidade e harmonia. As crianças realizam atividades todos os dias engajadas nas suas descobertas, no que interessou-lhes. Elas tem seu tempo, seu espaço, nada de fazer as coisas correndo. A ideia das cem linguagem ficaram evidentes no trabalho apresentado e visitado.

Dentre muitos aspectos, comento dois que chamaram minha atenção. O primeiro foi o diálogo das crianças com a cidade, elas participam ativamente das decisões, a presença delas é fundamental e não há um espaço determinado para adultos e outro para crianças.

O segundo foi que na escola se encontra uma diversidade incrível de materiais naturais, reutilizáveis, da vida diária e não uma loja de brinquedos. E nesse sentido o REMIDA – Centro de reciclagem criativa tem o papel essencial de fornecer as escolas estes materiais que servem como recurso educativo. Materiais alternativos, industriais e reciclados (diferente de sucata) que são doados por diversas empresas. Os educadores veem esses materiais como intelectuais e didáticos não como descarte.

Muitos aspectos me mobilizaram a refletir sobre minha prática pedagógica e avaliar meu trabalho. Minha cabeça borbulhou de tanta informação e ao mesmo tempo de ideias e ressignificações.

Enfim a viagem foi enriquecedora. Respondeu algumas perguntas e voltei com tantas outras. Experiência indispensável para quem estuda ou tem interesse pela abordagem!

 Marcela Chanan
Professora do período integral na Escola Nossa Senhora das Graças – Gracinha
Participante do Grupo de Estudos da América Latina em 2013

*Relato sobre viagem para Reggio Emilia