quarta-feira, 19 de julho de 2017

RedSOLARE Brasil lança Revista Aprender a Aprender na NATUREZA - Fruto do Projeto de Investigação em Cooperação em Cofinanciamento com o Conselho Britânico.




Acesse a Revista Aprender a Aprender na NATUREZA - RedSOLARE Brasil e compartilhe suas impressões: https://issuu.com/redsolarebrasil/docs/revistaissuu



Fruto do Projeto de Investigação em Cooperação em Cofinanciamento com o Conselho Britânico, é uma Revista constituída como um processo diferenciado de Formação de educadores para a consolidação de processos de transformação do ser humano com o seu ambiente.

"Escutar com o coração, com o corpo, buscar respostas internas e externas, nos faz sentir completamente desconstruídas como educadoras, colocando-nos no lugar de mediadora-aprendiz. Essa foi a sensação que tivemos ao longo do desenvolvimento do projeto”. Elidiane Bastos e Regina Neves

“Sinto-me transformada. (...) Toda investigação é, antes de tudo, uma tentativa de compreender-se, a partir da compreensão do mundo. E vice-versa”. Daniele Meyer

“Desde o início do projeto nos sentimos mobilizadas a olhar de uma forma mais profunda para a natureza, uma forma atenta e reflexiva, para buscar compreender de que forma nos relacionamos com a natureza e quais os impactos que a natureza pode ter na nossa vida. Se relacionar com a natureza é algo que conecta e acolhe”. Letícia Chaves e Sirleide Cândida

"Através de um intrigante início pelos trabalhos descritos no Reino Unido, surgiam as possibilidades de trabalhar em conjunto na direção de “um aprendizado em natureza” em uma nova pedagogia. Ficamos honrados e surpresos com as primeiras expressões de interesse dos nossos colegas brasileiros". Robin Duckett, Liz Elders e Catherine Reding

“Ao sentir o esforço dos nossos amigos ingleses e da RedSolare para o entendimento, vi que eu já estava vivendo lá um verdadeiro grupo de COOPERAÇÃO e de lá me abri ainda mais para este desafio, porque me senti bem acolhida e sem medo de errar ou de me expor, porque eu me sentia em casa”. Geiza Luzia

“Descobrimos a força e a beleza do conhecimento provisório, da alegria da descoberta, da paixão por pesquisar... Isso tudo no movimento de escutar a si e ao outro”. Maria Genilde Machado

“Fomos mobilizados pela vontade de olhar para aprendizagem das nossas crianças de forma diferente”. Elisete Gonçalves
  
"Assim, podemos alcançar e fazer uma correlação com a própria natureza humana, tão complexa, grandiosa e contraditória como pode ser a primeira infância”. Adriana Amadio

Uma ação desenvolvida com a participação da Escola Comunitária Brilho de Cristal e Escola Municipal de Caeté-Açu (Vale do Capão/Palmeiras | Bahia | Brasil); Escola Casa da Infância e Centro Municipal de Educação Infantil Cid Passos (Salvador | Bahia | Brasil); bem como a Instituição Sightlines Initiative, do Reino Unido.

Nenhum comentário: