quinta-feira, 29 de maio de 2014

Relato - Ética, estética e poética: um encontro em Reggio Emilia – Itália!

O que contar?
Que foi mais que uma experiência, uma vivência, uma observação…
Viajar para Reggio Emilia, ouvir pedagogistas e atelieristas sobre seus projetos, visitar as escolas infantis, interagir com educadores e crianças, acompanhar a cidade, desde o cotidiano aos espetáculos… Só pode ser descrito como imersão, inundação aguçada de sentidos: cores, aromas, texturas, sons, sabores e inspirações…
Muitas delas!
Ter a confirmação de que utilizamos a mesma fundamentação teórica: Paulo Freire, Vygotsky, Piaget, Loris Malaguzzi e como nós, também aprofundam os estudos em Neurociências, para compreender e aprimorar os processos.
Sim “As Cem Existem” como diz Malaguzzi sobre as “Linguagens da Criança”. Fervilham arte e conhecimento, os pequenos interagem, apreciam e produzem música, pintura, escultura, fotografia, teatro, literatura, dança e cinema em suas investigações, pesquisas e descobertas. Esses processos são privilegiados. A cidade e a educação se somam, sobrepõe, a cidadania se dá, de fato.
Retornei…
O que constato? Que estamos no caminho certo!
O que fica? A paixão pela Educação da Infância!
E o que transborda? A vontade de fazer cada vez mais e melhor pela aprendizagem e desenvolvimento de nossos pequenos!



Evelise Melo

Coordenadora Pedagógica do Colégio Paulo Freire

Nenhum comentário: