quinta-feira, 18 de agosto de 2011

*Débora Santos
Minha participação no Seminário sobre a Documentação na Educação Infantil à luz da abordagem Reggio Emilia despertou grande satisfação pessoal e profissional. Minhas concepções de autonomia relativas à infância, a utilização e organização dos espaços e, sobretudo essa concepção de estabelecimento de diálogo entre a arquitetura e a pedagogia, aspecto que encontra grande resistência em nossa cultura, manifestaram emoções prazerosas em mim. Como coordenadora de formação, tenho a responsabilidade de apresentar tal abordagem, mesmo que esta não seja totalmente aplicável em nossa realidade educacional. Entretanto, o respeito, a confiança, o exercício da pedagogia da escuta não necessitam de investimento financeiro, como muitos poderiam amparar suas defesas ao resistirem em aplicar práticas inovadoras. Nesse viés, as palestras permitiram uma visão periférica sobre as concepções reggianas, mas que ainda precisam ser acomodadas mentalmente. Portanto, meu desafio agora é conhecer in loco tais ações, conferindo e, certamente, encantando-me ainda mais com tal abordagem. Minha intenção, é despertar nos professores, o desejo de sempre, sem exceção, FAZER A CRIANÇA FELIZ!
Agradeço a equipe organizadora deste Seminário, que oportunizou a vinda dos representantes da educação em Reggio Emilia, Deanna Margini e Lanfranco Bassi.
Grande abraço



 *Débora Santos

*Coordenadora do Programa de Formação para Educação Infantil – Caraguatatub


Nenhum comentário: